terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Como colocar uma sonda nasoenteral

SONDA NASOENTERAL
(Entra pelo nariz e vai ate o duodeno)

OBS. Importante só estará aberta se estiver infundido.Somente usada para alimentação.

Material:
-sonda enteral DOOBBHOFF, com fio guia (mandril

-seringa de 20ml;
-gaze,

-Xylocaina
-álcool ou outra solução de limpeza;
-toalha de rosto;
-fita adesiva;
-estetoscópio;
-biombo s/n;
-luvas estéril ;
-sacos para lixo.

Procedimento


-Elevar a cabeceira da cama (posição Fowler - 45º) com a cabeceira inclinada para frente ou decúbito dorsal horizontal com cabeça lateralizada;
-Proteger o tórax com a toalha e limpar as narinas com gaze;
-Limpar a parte externa do nariz e a testa com gaze e álcool (cuidado com os olhos) ou outra substancia de limpeza  para retirar a oleosidade da pele;
-Medir a sonda do lóbulo da orelha até a ponta do nariz e até a base do apêndice (acrescentar mais 10cm) ;
-Marcar com adesivo;
-Calçar luvas;
-Injetar água dentro da sonda (com mandril);
-Passar a ponta da sonda na Xylocaina;
-Introduzir a sonda em uma das narinas pedindo ao paciente que degluta, introduzir até a marca do adesivo;
-Retirar o fio guia após a passagem correta;
-Aguardar a migração da sonda para duodeno, antes de administrar alimentação (até 24hs) confirmada pelo RX;
-Observar sinais de cianose, dispneia e tosse;

Para verificar se a sonda está no local:

-Injetar 20ml de ar na sonda e auscultar com esteto, na base do apêndice xifoide, para ouvir ruídos hidroaéreos;

Toda vez que a sonda for aberta, para algum procedimento, dobrá-la para evitar a entrada de ar;
Fechá-la ou conectá-la ao coletor;
Fixar a sonda não tracionando a narina;
Colocar o paciente em decúbito lateral direito para que a passagem da sonda até o duodeno seja facilitada pela peristalse gástrica.





´´OBS. a técnica de se colocar a sonda dentro de um copo com água,não esta sendo mais utilizada,pois o paciente pode bronco aspirar......``
 

96 comentários:

  1. sempre fico em duvida sobre de onde medir a sonda ( na verdade começa do lóbulo da orelha ate a ponta do nariz ao processo xifóide ou da ponta do nariz ao lóbula da orelha a processo xifóide ) acho bem confuso pois encontro na literatura de um geito e na inertenet de outro, gostaria que alguém me respondece pessoas com experiencia no ato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O imbecil ! Vê se não injeta café com leite na veia do paciente heim! Qual distância maior? Do Rio a são Paulo ou de são Paulo ao rio? Deve ser banido da enfermagem! Já já vai fazer merda! Não entende o trivial!

      Excluir
  2. Bom... do lóbulo da orelha até o ápice do nariz ou do ápice do nariz até o lóbulo daorleha tanto faz!! Terá a mesma medida!! Faça o teste...

    ResponderExcluir
  3. As duas formas não alteram o resultado...mas normalmente se mede do ápice nasal ao pavilhão auditivo finalizando no apêndice xifoide..........

    ResponderExcluir
  4. muito boa a explicação, mas dizem q nao usa mais colocar num copo de agua pois se borbulhar é perigoso dar uma pneumonia?!! mesmo q seja só a ponta da sonda... alguem explica?

    ResponderExcluir
  5. essa técnica de colocar a ponta da sonda num copo com água não se usa mais, porque se a sonda foi para a traquéia o paciente corre o risco de bronco aspirar essa água, e ae o caso do paciente se complicará ainda mais.

    ResponderExcluir
  6. ok....muito obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  7. depois de medir a sonda do lobulo da orelha até o apice do nariz, medimos 5 dedos abaixo oprocesso xifoide não é? para fazer a marcação e introduzir a sonda ?

    ResponderExcluir
  8. Medir a sonda do lóbulo da orelha até a ponta do nariz e até a base do apêndice (acrescentar mais 10cm) ;
    nao entendi sua duvida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto, caso a sonda migre para a traquéia,a respiração do paciente servirá de aspirador, levando o líquido do copo para os pulmões...

      Excluir
    2. Correto, caso a sonda migre para a traquéia,a respiração do paciente servirá de aspirador, levando o líquido do copo para os pulmões...

      Excluir
  9. Muito boa a observação de vocês...vou postar uma OBS. na pastagem...........

    ResponderExcluir
  10. quando que eu tenho que colocar a agua na sonda, em qual momento porque isso é preciso.obg pela atenção.

    ResponderExcluir
  11. Voce fala da Xylocaina gel, mas em momento algum a utilização da mesma no procedimento.

    ResponderExcluir
  12. Coloque agua,antes de introduzir.para testa-la..

    ResponderExcluir
  13. O texto foi ajustado...agora sem Xylocaina gel.....obrigado pelo seu comentário....

    ResponderExcluir
  14. Por favor para fazer esse procedimento a luva tem que ser esteril?

    ResponderExcluir
  15. A luva n precisa ser esteril,ja que é um procedimento limpo,ou seja,pode usar luva de procedimento mesmo.

    ResponderExcluir
  16. patricia, Perdão se usa luva estéril....corrigido a postagem......

    ResponderExcluir
  17. Gosto sempre de utilizar luva estéril pois trata-se de uma técnica invasiva, e as luvas de procedimento aqui na instituição não são acondicionadas em pacotes indivializados, elas são de caixa. Sabemos que muitas pessoas não lavam as mãos e enfiam a mão suja na caixa para pegar luva de procedimento, obviamente contamina as outras. Prefiro usar estéril para que não leve mais contaminação ao trato gastro intestinal e colabore com diarréias no paciente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, também uso luva estéril.

      Excluir
  18. Sugiro que vocês leiam a Brunner .Vão encontrar um capítulo inteiro sobre o assunto.Deste modo poderão agir de modo sistemático, já que seguirão um padrão.

    ResponderExcluir
  19. O Brunner é a bíblia da enfermagem,quem tiver condição de comprar,com certeza valera a pena....

    ResponderExcluir
  20. Danizinha, o ideal,seria que cada paciente tivesse sua própria caixa de luvas,assim evitaria alguns casos de infecção cruzada.....

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Sou estudante de enfermagem e gostaria de saber o que é e qm qual momento o fio-guia é introduzido.

    ResponderExcluir
  22. Depois de introduzir a sonda ate o estomago, tenho que continuar introduzindo ate o intestino? e a sonda fica no intestino apenas ou acompanha aquela bolsa de ostomia se não me engano?

    ResponderExcluir
  23. oLÁ...
    Eu estava analisando alguns comentários e com relação a luva estéril, eu acho que não seria adequado utilizá-la uma vez que o sistema gastrintestinal é contaminado, por isso, é que se usa luva de procedimento!

    ResponderExcluir
  24. Karla é só Deixar o paciente em decúbito lateral direita para progressão da sonda para região pilórica;

    ResponderExcluir
  25. Anônimo, 21 de fevereiro de 2011 04:49 ,Obrigado pelo seu comentário,mas a questão é,que a introduzimos pelo nariz do paciente,dai o motivo dela ser estéril.

    ResponderExcluir
  26. sempre tiro o fio guia depois do rx. Isso altera algo? Devo ou não continuar fazendo?

    ResponderExcluir
  27. Olá. em atenção ao questionamento ao fio guia, encontramos literaturas variadas que dizem para retirar logo após a passagem e outras que dizem para manter até confirmar o posicionamento após o Rx.
    Devemos dar importância ao fio guia, já que se o mantivermos até a confirmação com RX e se porventura precisar reposicionar, evitamos que durante a reintrodução do fio guia haja a perfuração do cateter; só depois de tudo é que o retiramos.
    Rembrandt, só devemos realizar esta técnica com a certeza de 4 h após realizar o Rx, que nos certificará da localização. Técnica gástrica é diferente de enteral.
    Enf Edilane Porto (Educação Continuada)

    ResponderExcluir
  28. Enf Edilane Porto ratificando minha respostar anterior. Concordo com você,e melhor seguirmos a logica,manter o fio guia até o confirmação do posicionamento pelo RAIO X. Como você citou pode haver necessidade de novo reposicionamento.

    ResponderExcluir
  29. Rembrandt, devemos sempre buscar a perfeição em nossas ações e que bom que todos aqui buscam o conhecimento. Assim daremos uma assistência de qualidade aos nossos clientes. Obrigada.

    ResponderExcluir
  30. Quanto tempo a sonda nasoenteral pode permanecer no paciente desde que não ocorra obstruções? Pelo MS, está estimado por 30 dias? Alguem confere esse periodo?

    ResponderExcluir
  31. Se o paciente provocar vômito?? eu devo retirar a sonda e abri uma nova ,ou uso a mesma?

    ResponderExcluir
  32. Pode reutilizá-la pois elas tem grande durabilidade, que variam de 30 a 60 dias (poliuretano) e 6 meses (silicone), se mantidas adequadamente.



    Fonte Secretaria Municipal de Campinas

    ResponderExcluir
  33. ainda se usa a benzina? o a xilocayna não pode mais ser usada?

    ResponderExcluir
  34. Muito bem observado. Realmente não se esta usando mais a benzina,por ela ser cancerígena,e causar problemas respiratórios. Mas não encontrei nenhuma norma que proíba o uso em hospitais no site da vigilância sanitária. Caso alguém encontre,por favor acrescente aos comentários.....

    ResponderExcluir
  35. sou uma cuidadora de um paciente com cancer na orofaringe, moro num lugar muito afastado do socorro, o que eu faço se derrepente ele ficar sem ar, como eu retiro a sonda nasogástrica,é só puxar, pelo amor de Deus me responde
    Ines.
    blog http://antonioeines.blogspot.com/
    e-mail. somostdsiguais@hotmail.com

    ResponderExcluir
  36. bom dai a todos (A) estava lendo alguns comentários, ler um bom livro sempre é melhor que postagens em internet, observe que luva não nececita ser esteril pois intestino contaminado e gasto com luva estéril é muito maior, para solucionar o problema que um comentrio dis a respeito da caixa de luva você como enfermeiro do setor pode guardar uma caixa exclusiva para você, para este tipo de procedimento, a quetão do fio guia se mantem ou não você tem que saber e a sonda que tem em seu local de trabalho tem a ponta de metal possibilitando que retire o fio guia e mesmo assim seja facil a visualização no RX se não mantenha a o fio guia para facilitar a visualisação da posição da sonda, notei que não utiliza a xilo mesmo tando na lista de material é um erro a não utilização pois alem de lubrificar a ponta da sonda facilitando deslocamento para estomago a nestesia o canal por onde passar melhorando assim resposta do paciente ao procedimento, mais duvidas mande
    e-mail wellington-colina@ig.com.br
    terei o praser em respoder.

    ResponderExcluir
  37. só podemos passar a sonda após prescrição médica? e trocar tbém?

    ResponderExcluir
  38. fui fazer uma prova que relatava se o paciente apresenta-se dispnéia o que eu faria se chamava o enfermeiro ou interompia a dieta me rsponda a alternativa correta ,por favor

    ResponderExcluir
  39. Eu interromperia a dieta em seguida chamaria o enfermeiro.

    ResponderExcluir
  40. penso que nao faz muito sentido a sonda nasogastrica ser esteril se ela sera contaminada pela lluva e procedimento..
    alem disso, o trato gastrintestinal é tido como "contaminado" por causa das bacterias da sua flora normal, mas eu pergunto: o trato digestivo possue bacterias na sua flora NORMAL, mas será que as mãos e as luvas que vão introduzir essa sonda não estão contaminadas com alguma bacteria que tem afinidade pelo trato digestivo podendo assim causar alguma patologia a esse(a) paciente?
    Uma investigação iniciada depois da morte de 8 crianças por infecção na UTI neonatal de um certo hospital revelou uma "superbacteria" na unha de uma das enfermeiras. Ela nunca iria imaginar que a deficiencia de uma tecnica basica e simples que é a lavagem das mãos iria causar a morte de alguem.. Nos nunca sabemos o que há nas nossas mãos.. As mesmas mãos que cuidam e que curam, podem matar!
    Pensem nisso!

    ResponderExcluir
  41. Estou um tempo fora de hospitais e vi que mudaram a sequencia da medição da sondas enterais e gastricas. Li que é do lobulo da orelha á apice do nariz e ate a base do apendice xifoide, isso para as duas sondas gastricas e enterais .Ao acrescentar mais alguns centimetros a gastrica é 10 cm e enterais de 20 a 30 cm isso e correto pq vejo que algumas literaturas a algumas contraversões. Alguem poderia me ajudar. Obrigada

    ResponderExcluir
  42. Tenho um parente que sofreu um AVC e esta usando alimentação via sonda nasoenteral.Ele esta apresentando fortes "soluço", qual poderia ser a causa desse soluços? Esta relacionada a utilização da sonda?

    ResponderExcluir
  43. Quando injeto ar para verificar se a sonda esta na posição correta, é necerssário retirar esse ar que foi injetado?

    ResponderExcluir
  44. sou tecnica d enfermagem e gostei muito de todas as explicacões obrigada.

    ResponderExcluir
  45. em relação a retirada de ar...é necessario que retire a mesma quantidade de ar que foi introduzido, para evitar compressão gastrica.

    ResponderExcluir
  46. ola amigos,bem com experiências na faculdo bade,venho a informar o segunte:sonda nasogástrica se faz a mensuração do loboo da da orelha ate a ponta do nariz e deste ate a base do ápendiçe xifóide,ja o nasoenteral realiza-se a mensuração do lobo dião umbilicala orelha até a ponta do nariz e deste ate a região umbilical digo (umbigo)após a passagen da sonda o mpaciente segue para o rx onde será confirmado se esta no local correto ou não.sendo assim confirmado iremos retirar i fio guia.este processo serve para realizar administração de medicamentos.alimentação do paciente,deve-se ter cudado com a sonda nasogástrica,pois o paciente pode broncoaspirar.espero que tenha ajudado.grato!! aluno da FACULDADE RUY BARBOSA.

    ResponderExcluir
  47. Pessoal, pelo amor de Deus, vamos verificar a ortografia antes de publicar os comentários, os erros de português estão gritantes, eu também sou Enfermeira e fico preocupada, os concursos que realizamos geralmente precisa-se de redação e o português deve estar impecável. Gostei das dicas e o Brunner é um livro excepcional, quem puder comprar não se arrependerá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acredito que esses pessoais são formados com esse vocabulário, Misericórdia..

      Excluir
  48. OLA SOU ACADEMICO 3 PERIODO ENFERNAGEM AS EXPLICAÇOES FORAM BOAS OBRIGADO
    MARLLOS PIRES

    ResponderExcluir
  49. F.C.J SOU ACADEMICO DO 8 SEMESTRE DA FACUDADE UNIEURO BRASILIA GOSTEI MUITO DAS EXPLICAÇÕES,SÓ ACHO QUE DEVERIA SER MAIS DIVULGADO POIS AJUDA MUITO,REALMENTE TIRA MUITAS DUVIDAS PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  50. Sou estudante de enfermagem e adorei seu blog, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  51. gostaria de sabe se gavagem so pode se feita via oral,qual as técnica.obrigado

    ResponderExcluir
  52. mim ajude, oque é bureta e onde e usada? muito agradecida se tira minha duvida

    ResponderExcluir
  53. Olá, tenho uma tia que após sofrer um AVC, esta usando a sonda nasoenteral,e logo após foi diagnosticado também que ela está com pneumonia,como li acima,se houver falha no procedimento na passagem da sonda,ou se usar a tecnica do "copo de água" isso pode acarretar,vocês podem me explicar melhor como isso pode acontecer?obrigada..

    ResponderExcluir
  54. Bom, os comentários são bons. Mas temos que ter o cuidado em postarmos, as complicações com as sondas de modo geral existem, mas a própria patologia a qual o paciente está passando com a queda da imunidade favorece a instalação de outras doenças oportunistas, não podemos afirmar que foi devido um procedimento que desencadeou uma pneumonia em um paciente que tem outros agravantes. Vejo que os enfermeiros de modo em geral estão muitos apegados em buscar informações nos meios de comunicação por outros colegas com assuntos soltos, tirando conclusões a respeito de procedimentos sérios, temos que procurar referencia em livros renomados da área de enfermagem.

    ResponderExcluir
  55. A luva pode ser de procedimento sim. A flora do trato é diversificada e com medidas de lavagem das mãos e o suficiente para não ter disseminação de bactérias. SNE é da ponta do nariz ao lóbulo da orelha à cicatriz umbilical em abdome plano e 10 cm a 15 cm após o apêndice xifóide em outros casos.O caso da UTI neo-natal relatado é porque a enfermagem não tem o hábito de lavar as mãos(mesmo com uma bactéria resistente a lavagem das mãos impede a disseminação da colônia. Temos que adotar medidas de trabalho que não venha onerar a empresa e mesmo assim atender as necessidades de nossos clientes. ENFERMEIRO preocupado com o trabalho. Grato.

    ResponderExcluir
  56. Olá, gostaria de saber quando devemos trocar a sonda nasoenteral do paciente.... Tem um tempo determinado??? Obrigada.

    ResponderExcluir
  57. Ola sou estudante de Nutrição e faço estagio clinico, gostaria de solucionar minhas duvidas aqui. Quanto tempo é a vida útil das sondas ? em quanto tempo devemos troca-las ?

    -Nasogastrica
    -Nasoenteral

    e em qual ocasião devemos fazer a
    -Gastrostomia
    -Jejunostomia ??

    ResponderExcluir
  58. olá, estou no primeiro período de emfermagem e estou grata as repostas e comentarios.

    ResponderExcluir
  59. gostaria de saber se no momento da passagem da sonda ela deve estar aberta ou fechada?

    ResponderExcluir
  60. Gostaria de saber se o enfermeiro tem respaldo legal para realizar sondagem nasoentérica em domicílio ( no caso do Programa de Saúde da Família)? Muitos colegas tem ficado com receio devido aos riscos inerentes ao procedimento.

    ResponderExcluir
  61. se excercer todos os cuidados necessarios com a sonda ela pode durar de 30 a 60 dias e as de silicone ate 6 meses.

    ResponderExcluir
  62. li todos o procedimento e os cometarios e nao entendir ate agora onde, porque e qual é essa agua que se coloca na sonda... ficarei grata pela resposta. bjs

    ResponderExcluir
  63. Boa noite, gostaria de saber de vocês que já estão na área ou que tem conhecimento, quais as principais complicações na passagem de sondas gástricas e no uso de sonda enteral, sou estudante de enfermagem e ainda não tive aula sobre esse assunto.

    Grata.

    ResponderExcluir
  64. A água num copo é para verificar se borbulha (o que indica que está na traquéia, ao invés do trato gastrointestinal)... o ideal ´´e que se coloque a extremidade da sondaimersa na água, somente durante o movimento de expiração, evitando assim a broncoaspiração de água, se caso a sonda estiver posicionada no trato respiratório.!
    se não borbulhar, é pq está ok!!
    espero ter ajudado!
    Maysa G.G.Vicente. técnica em enfermagem e acadêmica de enfermagem.

    ResponderExcluir
  65. muito boas as explicaçoes

    ResponderExcluir
  66. Algumas dicas:
    http://www.blogger.com/blogger.g?blogID=6108474535222924661#editor/target=post;postID=1495000779125562617;onPublishedMenu=overview;onClosedMenu=overview;postNum=1;src=postname

    ResponderExcluir
  67. Encontrei também algumas outras dicas para a passagem de sonda nasogástrica:
    http://cuidando-bem.blogspot.com/2012/11/dicas-para-passagem-de-sonda.html

    ResponderExcluir
  68. A TROCA DA SONDA NASOENTERAL DEPENTE DO TIPO DE MATERIAL,É IMPORTANTE LER A EMBALAGEM DO FABRICANTE.FORA ISSO A TROCA DEVERÁ SER FEITA SE TIVER ALGUMA OBSTRUÇÃO OU DESLOCAMENTO.SE TIVER TUDO BEM GERALMENTE O PRAZO É DE 30 A 60DIAS.
    KLÉBIA,ENFERMEIRA.

    ResponderExcluir
  69. A TROCA DA SONDA NASOENTERAL DEPENTE DO TIPO DE MATERIAL,É IMPORTANTE LER A EMBALAGEM DO FABRICANTE.FORA ISSO A TROCA DEVERÁ SER FEITA SE TIVER ALGUMA OBSTRUÇÃO OU DESLOCAMENTO.SE TIVER TUDO BEM GERALMENTE O PRAZO É DE 30 A 60DIAS.
    KLÉBIA,ENFERMEIRA.

    ResponderExcluir
  70. gostaria de saber,





    o paciente retirou a sne,e o hospital mandou para casa com o fio guia ,sou auxiliar de enfermagem ,poderia retirar em casa.ou so poderia se fosse a chefe de enfermagem ?






    ResponderExcluir
  71. a sonda do meu pai sai uns 10c devo leva para o hospital

    ResponderExcluir
  72. boas explicações bgda pessoal!!mas coca-cola enjetada na sonda nasoenteral é um perigo na primeira vez que coloca ou se continuar a colocar cada vez que tiver obstruida pode agrva algo maais serio?pq eu não vou colocar mais!

    ResponderExcluir
  73. ADOREI AS EXPLICAÇÕES.

    ResponderExcluir
  74. ENFERMAGEM ARTE DE CUIDAR!!!!!

    ResponderExcluir
  75. Sou estudante de enfermagem me ajudou muito

    ResponderExcluir
  76. Domingos Gomes Mustasse2 de agosto de 2013 06:55

    Muito obrigadíssimo por ter visto todas essas informações sobre as técnicas de colocação de sondas...um abraço sou Enfermeiro em Cabo Verde formado em Guiné Bissau, sinto me muito orgulho de ser Enfermeiro, estando sempre ao lado dos pacientes

    ResponderExcluir
  77. Estou sem palavras diante de alguns absurdos postados aqui... A SNE deveria sim ser realizada com par de luva esteril, independente de o sistema gastrointestinal ser contaminado, pelo simples fato de que o sistema respiratório não é. Em casos de impericia a sonda pode chegar ao trato respiratório inferior... O que poderia aontecer? É só pensar e ESTUDAR, e você conseguirá responder!

    O copo com agua por questoes obvias, nao deve ser utilizado. Se o paciente inspirar no momento do teste mesmo que o enfermeiro o tenha orientado a não fazê-lo? Existem outros testes, não insista num arriscado!

    A medição se faz do lóbulo da orelha, até a "asa" do nariz, e deste ponto até o apêndice xifóide em SNG e em SNE mais 10cm (ou seja próximo ou até a cicatriz umbilical) vale usar o bom senso na hora de mensurar.

    A agua nosso colega Rembrandt, já disse que é para testar a sonda, antes do procedimento...

    Segundo a literatura depois do procedimento concluido aguarda-se desde 4 até 24h, para a realizaçao do Raio x, por que é o peristaltismo o responsável por deslocar a sonda até o Duoedo... E esse movimento varia de paciente para outro.

    SORRY pelos possiveis erros de português, embora concorde com a importância de escrever corretamente, acho ainda mais importante atentar para o procedimento correto! Esse sim salva ou mata.



    Fabiana Fernandes
    faby_nandes@hotmail.com






    ResponderExcluir
  78. Correção do meu post anterior... No Brunner a medição indicada é da narina até o lobo da orelha, e do lobo da orelha até a extremidade do processo xifóide.

    ResponderExcluir
  79. A agua nosso colega Rembrandt, já disse que é para testar a sonda, antes do procedimento...
    ????????????????????

    testar o que? a sonda que se testa antes do procedimento é a foley, para sondagem vesical!!!

    ResponderExcluir
  80. Quero saber como é o percurso das sondas vesical, enteral e nasogástrica
    por onde elas passa...
    fico grata

    ResponderExcluir
  81. olá já fiz passagem de SNE, algumas deram certo o procedimento foi correto ja em outros houve resistência a sonda não chegava até o estomago, mas estava no esofago, o que devo fazer, das vezes emcaminhei para o hospital grato

    ResponderExcluir
  82. Obrigada pelos comentários !muito me ajudou sou enfermeira de centro cirúrgico e às vezes fazemos pouco esse procedimento é sempre bom relembrarmos. Foi esclarecedor eu sempre uso luvas estéreo e não uso copo com agua ,não é rotina testar a sonda com agua antes também ,sempre é feito o rx e usamos a xilocaína gel.Emir enfermeira se ajudei ou posso ajudar será um prazer.

    ResponderExcluir
  83. quais os erros mais comuns de ocorrem nos hospitais, e que não deveriam acontecer.

    ResponderExcluir
  84. O quer dizer migração da sonda

    ResponderExcluir
  85. tenho duvida qual procedimento de passar sonda dubboff em criança quais as regras é igual de adulto

    ResponderExcluir
  86. Boa noite...sou Acadêmico de Enfermagem e gostaria de saber o porquê de se guardar o mandril da sonda nasoenteral. Pode ser reintroduzido?

    ResponderExcluir
  87. como medir sonda nasoenteral em criança e a mesma medida ou e mais

    ResponderExcluir
  88. Apesar de todos os erros ortográficos e alguns exageros nas perguntas gostei muito deste blog. ele é muito explicativo.

    ResponderExcluir
  89. Particularmente, pela questão da medição da sonda existe sim uma variação. o Correto e da ponta do nariz ao lobulo da orelha ate o processo xifoide, que vou identificar como medida A.
    Mas Vamos Raciocinar sobre a medição feita por alguns colegas que vai do lobulo da orelha até a ponta do nariz até o processo xifoide que vou identificar como medida B. Uma situação elementar nesta ultima medição é que da ponta do nariz ao processo xifoide vai sofrer variação pela movimentação da cabeça do paciente (extensão ou flexão cervical) isso compromete a medida.
    Mas isso não acontece na medida A, não existe variação na medida no movimento cervical do paciente. Dessa forma não teremos erros quanto a medição.
    Espero ter contribuido.
    Enf: Octavio Mendonça

    ResponderExcluir
  90. por favor estou muito tenpo afastada sou ax de enfermagem gostaria de saber se este procedimento e feito so por emf nasoeteral e a gastra e feita por 1 profisonal da area e se as duas vai fio gia a sonda gastra nao vai fio

    ResponderExcluir


- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
-Pode deixar sua URL,use de preferência opção OpenID;
- Ofensas pessoais, ameaças e falta de acato não são permitidos;