Definição de curativos

>> terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Curativos


Primeiro vamos conhecer a anatomia da pele


A pele e o órgão mais extenso do corpo humano,indispensável para a vida.
Ela é composta de três camadas epiderme,derme e hipoderme ou tecido subcutâneo.
Suas funções são de proteção,sensação,equilíbrio da água,regulação da temperatura,produção de vitamina

Para que serve um curativo

É um meio terapêutico que consiste na limpeza e aplicação de cobertura estéril em uma ferida com a finalidade de promover a rápida cicatrização e prevenir a contaminação de tecidos internos por microorganismos da pele e meio ambiente.

Sua finalidade
.Facilitar a cicatrização

• Evitar ou reduzir a infecção;

• Remover secreções;

• Proteger contra traumatismos.




Como avaliar uma ferida:

É essencial para a seleção do curativo específico,determinação do intervalo de trocas e prevenção de infecção.

Tipos de curativos
varia de acordo com a natureza,a localização e o tamanho da ferida.

• Abertos: em fendas sem infecção,que após tratamento permanecem abertos (sem
proteção de gaze).

• Oclusivos: veda a ferida criando ambiente úmido e favorável, promove isolamento
térmico e das terminações nervosas e impede a formação de crostas Barreira contra
bactérias.

• Compressivo: usado para promover hemostasia e auxiliar na aproximação das
bordas do ferimento.

• Com irrigação: ferimentos com infecção ou fistula, com indicação de irrigação com
soluções salinas ou antissépticas. Irrigação feita com seringa.

• Com drenagem: ferimento com grande quantidade de exudato Coloca-se dreno.
tubos, cateteres ou bolsas de colostomia.


Técnicas de realização de curativos:

De acordo com o tipo de ferida: limpa, cirúrgica limpa, cirúrgica contamina úlceras e escaras com secreções e/ou tecido necrosado.

A escara de decúbito é uma inflamação,fenda ou ulcera na pele sobre uma proeminência óssea. É uma complicação para pacientes debilitados e imobiliza e,uma vez que a pele perde sua integridade,o paciente esta sob o risco de infecção.


Causas predisponentes

Anemia, avitaminose, desidratação, diabete, edema generalizado, febre prolongada, má circulação, obesidade, caquexia, paralisias, pouca vitalidade, incontinência de fezes e urina.

Causas imediatas

Pressão, fricção, umidade, falta de asseio, aplicação imprópria de aparelhos. de calor e frio.

Regiões mais propiciais


Escápula,
joelhos,
ilíaca,
maléolos,
calcâneos,
orelhas,
parte posterior da cabeça,
artelhos,
axilas,
seios,
qualquer superfície que esteja sofrendo pressão constante.


Estágios das escaras de decúbito

1. Rubor da pele, que desaparece quando a pressão é aliviada.

2. Lesão à circulação e tecidos superficiais; rubor e edema não desaparecem;
enduração do tecido superficial;

3. Destruição das camadas subcutâneas; células necróticas; destruição de tecido capilar
subjacente;

4. Destruição avançada de capilares subcutâneos e massa muscular; caso seja muito
profunda, exposição do osso subjacente.


Como prevenir uma ferida

• Avaliar os fatores de risco do paciente, temperatura ambiente alta, umidade, roupa
de cama mal alinhada;

• Mudança de decúbito a cada uma ou duas horas;

• Manter o lençol no leito esticado;

. Manter a pele do paciente seca,

• Reposicionar o paciente adequadamente,

• Usar artifícios mecânicos adequados para reduzir a pressão.
Assistência de enfermagem:

• Antes de fazer o curativo, observar o estado do paciente, ler a« anotações sobre o
tipo de curativo, sua evolução e cuidados específicos.

• Nas feridas cirurgicas, a pele ao redor da ferida é considerada mais contaminada que a própria ferida, enquanto que nas feridas contaminadas a área mais contaminada é a de interior da lesão (importante lembrar ao limpar ou tratar a lesão),

• Quando o paciente necessitar de vários curativos, iniciar pela incisão fechada e
limpa, seguindo-se as lesões abertas não infectadas e por último as infectadas;

• Ao dar banho em pacientes com curativo, aproveitar para lavar a lesão,

• Devido ao risco de infecção hospitalar, não é recomendado levar o material de
curativo no carrinho. Deve-se levar só a bandeja com o material, para junto do
paciente,

• Não jogar o curativo anterior e as gazes utilizadas na cesta de lixo do paciente;

• Não comprimir demais com ataduras e esparadrapo o local da fenda, a fim de não
prejudicar a circulação;

• O saco plástico que recebe gazes usadas no curativo deve ser de uso individual,

• Os curativos devem ser trocados diariamente e sempre que se apresentarem úmidos
ou sujos;

• nas feridas com exudato ou com suspeita de infecção deve ser colhida amostra e
encaminhada imediatamente ao laboratório

Qual o curativo ideal

Aquele que Mantém alta umidade

- Nada de curativos secos em fendas abertas. Não há necessidade de secar tendas abertas, somente a pele ao redor dela.

Sempre remover o excesso de exudação.

- O curativo deve ter um pouco de absorção;

- Pode ser necessário fornecer um segundo chumaço.

Permite a troca de gazes

Manter isolador térmico.

- As fendas não devem ser limpas com loções frias;

- Os curativos não devem permanecer removidos por longos períodos de tempo
(isso também permite que a ferida seque).


Deve ser impermeável as bactérias

Deve ser Isento de partículas e tóxicos contaminadores de feridas.

- Não se deve usar lã de algodão ou qq gaze desfiada;
- Os chumaços absorventes não devem ser cortados para não desfiar.

Deve ser retirado sem trauma.
- Nada de curativos secos em feridas abertas;
- E preferível irrigá-las e esfregá-las

Produtos modernos de tratamento de feridas:


• Alginatos:- Contém alginato de Ca, derivado de algas marinhas;
« - Interativo: sua estrutura se altera a medida que ele vai reagindo com a ferida; ao absorvera exudação para feridas, muda de estrutura fibrosa para gel;
- Adequados para feridas com exudação moderada ou grande.

• Antibactenanos:

a) Flammazine®:
- Creme que contém sulfadiazina de prata;
- Eficaz contra Pseudomonas e S. aureus;
- Amplamente utilizado em queimaduras.

b) Metrotop®:
- Contém metronidazona,
- Reduz o odor das bactérias anaeróbias;
- Utilizado em tumores com fungos.

• Curativos de carvão.

- Feitos de carvão ativo, eficaz na absorção dos elementos químicos liberados das
feridas com mau odor (infectadas, necróticas ou fuliginosas);
- Pode precisar de um curativo secundário
- Deve ser trocado a cada 7 dias.

• Hidrocolóides:


- Curativos interativos compostos cie uma base hidrocolóide feita de celulose,
gelatinas e pectinas e de um revestimento de filme ou espuma de poliuretano;
- A medida que o curativo va. absorvendo o exudato, vai se transformando em gei
depois num líquido amarelo, com um odor diferenciado;
- Não é necessário curativo secundário,
Usado em feridas com pouca on n-.nrWada exudação.


• Hidiogels

- Curativos de goma de co-polimero e contém grande quantidade de agua,
- Eficazes em feridas granuladas com baixa ou moderada exudação;
- Requer curativo secundário.

Pasta de açúcar

- Açúcar sem aditivos, na forma de mel
- Utilizado nas feridas com grande exudação, sujas ou com mau odor;
- Requer curativo secundário;
- Deve ser trocado a cada duas horas.

Filmes permeáveis ao vapor:

- Oferecem ambiente de cicatrização úmido, sem absorção;

- Não usar em feridas infectadas


O que são Fendas

São o resultado visível de lesão ou morte das células dos tecidos,podendo envolver total ou parcialmente a espessura da pele.

Classificação das fendas:

• Primeira intenção - as bordas da ferida são aproximadas cirurgicamente; há perda
mínima de tecido, ausência de infecção e pequeno edema.

• Segunda intenção - há perda excessiva de tecido; a cicatrização ocorre mais
lentamente, sem intervenção cirúrgica.

• Terceira intenção - aproximação das bordas da lesão tardiamente, cirurgicamente.



Fatores que influenciam a cicatrização das feridas.

• Envelhecimento;

• Localização das feridas;

• Nutrição/obesidade

• Corpo estranho na ferida

• Infecção

• Imunossupressão

• Diabetes

• Oxigenação

• Medicação

• Extensão das lesões

• Hemorragia

• Fumo

• Radiação

• Estresse de uma lesão



Complicações da cicatrização de lesões:

Hemorragia,
infecção,
deiscência,
evisceração,
fístula.







Veja mais Tipos de curativos

19 comentários:

Anônimo,  4 de janeiro de 2010 19:13  

Muito bom o resumo fornecido nesse blog.Gostaria de saber sobre feridas de primeira, segunda e terceira intenção e fiquei sabendo de muito mais informações... Show... Lílian Navarro

Anônimo,  15 de abril de 2010 16:02  

gostei de blog , muito esclarecedor e bem esplicado e detalhista no assunto com informaçao bem importante.........claudia

Anônimo,  19 de abril de 2010 18:36  

excelente esse estudo sobre curativo e para completar veio de sobremesa falando de escaras,se vcs tiverem algum assunto sobre dreno de torax me mandem.bjos.obrigado

Rembrandt 25 de abril de 2010 07:43  

claudia obrigado pelo seu comentário..........

Rembrandt 25 de abril de 2010 07:48  

Tem um tópico para dreno de tórax aqui vejo o link (http://www.odiariodeumenfermeiro.com.br/2009/09/procedimento-para-troca-de-selo-dagua.html)

anonimo 17 de julho de 2010 18:29  

show de bola muito bom este resumo.

Anônimo,  13 de abril de 2011 12:02  

Gostei muito sobre esse assunto ,e muito completo e me ajudou muito ...Obrigado Inez

keilynha 29 de julho de 2011 07:23  

Adorei tudo é exatament oq eu estudei,amei muito bom: Keily Mateus Quixada Ceara

Anônimo,  4 de setembro de 2011 15:17  

Ao autor do desse Blog um muito obrigada pelas informações, de fato muito detalhista, e muito util para outros colegas que não tem muito tempo de pesquisar em livros, você realmente tem muita sabedoria no assunto.obrigada, me ajudou muito

edilene

Anônimo,  12 de fevereiro de 2012 13:31  

Olá sou a Cris e estou começando a estudar agora , muito obrigados pelas informações!

Anônimo,  27 de maio de 2012 18:39  

Adorei,vocês estão de parabéns pelo blog!

ALZIRA,  13 de junho de 2012 22:44  

ESSE CONTEUDO É DE GRANDE UTILIDADE E INFORMÇÕES PARA NÓS ESTUDANTES QUE ESTÁ COMEÇANDO MUITO OBRIGADO!

larissa 18 de julho de 2012 16:58  

estou cursando enfermagem no tratamento de feridas,amei o resumo ,tirei muitas duvidas,tenho certeza que vou me sair muito bem nas provas obrigada bjsssssss.

'Edson_Thiago' 25 de julho de 2012 07:25  

terei um seminário em que apresentarei sobre curativos, essa é informação mais objetiva que encontrei. Obrigado

Anônimo,  4 de outubro de 2012 08:55  

Estou voltando para a aréa de enfermagem,e os seus conteudos estão me ajudando muito para os meus estudos.Obrigada pela sua postagem.

Anônimo,  12 de dezembro de 2012 17:04  

Muito bom! q Deus continue te iluminando. bjos!

Robson Melo 8 de novembro de 2013 04:28  

Muito bom esse blog so faltou umas fotos para ilustrar... Quanto o mais é dez...

Robson Melo 8 de novembro de 2013 04:30  

Muito bom esse blog so faltou umas fotos para ilustrar... Quanto o mais é dez...

Hedilene Infante 24 de junho de 2014 16:54  

obrigado!vcs estão de parabéns;as informações são claras ,precisas e simples de se entender.hedilene

Postar um comentário

Todos os comentários são lidos e respondidos em ate 48hs.
São mantidos aqueles que respeitam as regras do blog;


- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
-Pode deixar sua URL,use de preferência opção OpenID;
- Ofensas pessoais, ameaças e falta de acato não são permitidos;

  © Blogger template Webnolia by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP